Boa parte dos americanos não gostam de carro elétricos!

A transição para veículos elétricos representa uma mudança significativa no paradigma de transporte, prometendo um futuro mais limpo e eficiente. A ausência de gastos com combustíveis fósseis e a redução na emissão de poluentes destacam-se entre os benefícios. Contudo, a manutenção dessa nova modalidade de transporte implica desafios como o planejamento cuidadoso de rotas e estratégias para carregamento.

No panorama brasileiro, os veículos elétricos vêm ganhando espaço, enquanto nos Estados Unidos confrontam-se com obstáculos que suscitam questionamentos sobre sua viabilidade, tais como dificuldades relacionadas ao carregamento, limitação de alcance e elevados custos iniciais.

Tesla irá demitir 10% dos funcionários globalmente.

Uma pesquisa recente revelou um ceticismo predominante entre os americanos quanto à posse de veículos elétricos. A preocupação com a chamada “ansiedade de alcance” emerge como um obstáculo notável, juntamente com o alto custo de aquisição desses automóveis. Apesar do expressivo investimento bilionário no setor, há caminhos críticos a serem navegados para atender ao objetivo da Agência de Proteção Ambiental dos EUA, que estipula que 56% das vendas de carros novos até 2032 sejam de modelos elétricos.

A falta de infraestrutura adequada para carregamento é uma limitação considerável, principalmente porque metade da população americana reside em áreas menos urbanizadas. Esse dado foi compartilhado pelo site carscoops.com, evidenciando a necessidade urgente de expansão da rede de carregadores.

BYD Dolphin Mini.
BYD Dolphin Mini.

De acordo com um estudo realizado pelo Centro de Pesquisa de Assuntos Públicos da Associated Press – NORC e pelo Instituto de Política Energética da Universidade de Chicago, que contou com a participação de 6.265 adultos, apenas 9% dos entrevistados possuem um veículo elétrico, sendo que alguns consumidores demonstram preferência por modelos híbridos plug-in.

Em fevereiro deste ano, o custo médio para adquirir um veículo elétrico situou-se em US$ 52.314 (cerca de R$ 278.510), marcando uma redução de 12,8% em relação ao ano anterior, porém ainda superior à média geral dos veículos novos. Este aspecto financeiro é particularmente preocupante para os consumidores mais velhos.

Embora os pontos positivos dos veículos elétricos sejam inegáveis, o percurso até sua adoção ampla sugere complexidades e prolongamentos inesperados.

Convidamos nossos leitores a compartilhar suas opiniões nos comentários: Você consideraria a aquisição de um veículo totalmente elétrico?

Avalie esse artigo

Gabriel May Oechsler
Redator online do portal Agora Motor, tem 21 anos e está sempre antenado no universo automobilístico, gosta de esportes, jogos e notícias automotivas. Iniciou sua jornada no site Agora Motor em 2022, trabalhando com pesquisas extensas e escritas de artigos e notícias sobre carros, motos, etc.
Posts relacionados
Notícias 39% dos donos de carros elétricos querem ter um a combustão!

Em uma revelação surpreendente, aproximadamente 39% dos proprietários de veículos elétricos (EVs) nos Estados Unidos…

Gabriel May Oechsler
Notícias Nova moto de 8 cilindros da GWM terá 154 cv, veja informações!

A indústria de veículos elétricos e híbridos tem ganhado um novo protagonista no cenário brasileiro,…

Gabriel May Oechsler
Notícias Porsche vs Tesla: Marca está pagando para trocar de lado!

Em um mercado de veículos elétricos cada vez mais concorrido, a Porsche adota uma estratégia…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo Fiat Uno 2025? Veja fotos do Fiat Grande Panda!

A Fiat causou sensação ao revelar as primeiras imagens do Grande Panda, seu mais novo…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo VW Tiguan Allspace será revelado final do ano!

Em um lançamento que promete redefinir as expectativas para os amantes de SUVs ao redor…

Gabriel May Oechsler
Deixe seu comentário