Cuidados para fazer o carro pegar no tranco!

Você conhece a expressão carro pegar no tranco? Você acaba de entrar no seu carro, gira a chave na ignição e nada acontece. A bateria está fraca, o motor de arranque falhou e você não sabe o que fazer para fazer o carro funcionar. É nessa hora que muitas pessoas recorrem ao famoso “carro pegar no tranco” ou “dar a partida no tranco”. Mas afinal, o que é isso e como funciona?

Antes de tudo, é importante destacar que essa técnica não é recomendada e pode ser perigosa se não for feita corretamente. Além disso, ela só funciona em carros com câmbio manual. Se o seu carro tem câmbio automático, não tente fazer o motor pegar no tranco.

Como fazer o carro pegar no tranco: dicas e passo a passo.

Para fazer o carro pegar no tranco, você precisa de um pouco de espaço e ajuda de alguém. Estacione o carro em uma descida ou peça para alguém empurrá-lo. Certifique-se de que o freio de mão esteja desativado e a chave esteja na posição “ligado”.

Como fazer o carro pegar no tranco: dicas e passo a passo.
Fonte/Reprodução: original.

Com o carro já em movimento, engate uma marcha que não seja a primeira – pode ser a segunda ou a terceira, por exemplo – e mantenha o pedal da embreagem no fundo. Isso vai deixar o carro solto e pronto para receber a energia das rodas em movimento.

Com o carro já embalado, solte o pedal da embreagem com suavidade – não é para soltar de uma vez. O giro das rodas vai desempenhar o papel do motor de arranque e fazer o motor funcionar.

Cuidado ao tentar ligar o carro com cabos de bateria!

Mas atenção: só faça isso se você tiver certeza de que o problema é na bateria ou no motor de arranque. Se o problema for mais grave, como uma falha no sistema elétrico ou mecânico, essa técnica não vai funcionar e pode até piorar a situação.

Cuidado ao tentar ligar o carro com cabos de bateria!
Fonte/Reprodução: original.

Além disso, é importante tomar cuidado para não causar acidentes. Certifique-se de que o local onde você está é seguro e não há risco de colisões. Lembre-se também de que essa técnica pode danificar o sistema elétrico e mecânico do carro se não for feita corretamente.

Em resumo, o “pegar no tranco” pode ser uma solução temporária para problemas na bateria ou no motor de arranque, mas não é recomendado e pode ser perigoso. Se o seu carro apresentar algum problema, o ideal é levá-lo a um mecânico especializado para fazer os reparos necessários.

Avalie esse artigo

Vinícius Lima
Estudante de Direito, tem amplo conhecimento sobre leis e Código Brasileiro de Trânsito. Já trabalhou no Detran, tendo conhecimento de tudo sobre CNH, multas e tributos relacionados a veículos. Atualmente também é um dos responsáveis pela criação de conteúdo no Agora Motor, trazendo diversas informações!
Posts relacionados
Notícias Yamaha Ténéré 700 estará no Brasil em Agosto, mas não para venda

A Yamaha Ténéré 700 está gerando grande expectativa no Brasil. Confirmada pela Yamaha em junho,…

Gabriel May Oechsler
Notícias Stellantis irá enfrentar batalha acirrada com marcas chinesas na Europa

O CEO da Stellantis, Carlos Tavares, afirmou que a empresa enfrentará uma “concorrência brutal” dos…

Gabriel May Oechsler
Notícias Carros chineses podem ser taxados em 200% com o Trump no poder

O ex-presidente dos EUA e candidato nas próximas eleições de novembro, Donald Trump, anunciou uma…

Gabriel May Oechsler
Notícias Chevrolet Equinox tem informações reveladas no site!

A Chevrolet causou grande impacto no mercado no ano passado com diversos lançamentos. Em breve,…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo Honda Civic SI 2025 é lançado nos EUA, veja detalhes!

A Honda revelou nos EUA o novo Civic Si 2025, agora mais equipado e divertido…

Gabriel May Oechsler
Deixe seu comentário