Conheça o “carro voador” da Embrear, com novo teaser!

Em um avanço significativo no campo da aviação, a Eve Air Mobility, subsidiária da renomada fabricante brasileira Embraer, está desenvolvendo o EVE-100, uma aeronave elétrica de decolagem e pouso verticais (eVTOL). Este veículo inovador promete revolucionar o conceito de mobilidade urbana e aviação executiva, oferecendo uma alternativa eficiente e sustentável aos helicópteros tradicionais.

O EVE-100 distingue-se por sua propulsão totalmente elétrica, capaz de transportar um piloto e quatro passageiros com um peso máximo de decolagem de 2.800 kg. Equipado com uma hélice de empuxo horizontal de cinco lâminas e rotores verticais, o veículo não necessita de componentes adicionais para transição durante o voo, otimizando a eficiência e reduzindo o ruído.

Um dos aspectos mais notáveis do EVE-100 é seu sistema de propulsão elétrica dupla, que garante redundância e aumenta a segurança do voo. Com um alcance de até 100 km, este carro voador é ideal para viagens curtas na aviação executiva, combinando baixo custo operacional com desempenho ambiental superior.

Eve-100
Eve-100

Primeiro Olhar sobre o Protótipo

Recentemente, a Embraer revelou imagens do protótipo em escala real do EVE-100, que atualmente está sob regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), com previsão de lançamento para 2026. Esta revelação marca um passo crucial para a concretização do projeto.

A demanda pelo EVE-100 já é evidente, com a Eve acumulando 2.850 encomendas que representam mais de US$ 8 bilhões em intenções de compra. Dentre os compradores, encontram-se operadores de helicópteros, companhias aéreas, empresas de leasing e plataformas de voos compartilhados espalhados por todos os continentes. No Brasil, destacam-se reservas feitas pela Avantto, Helisul, OHI (Revo), FlyBIS, Flapper e Voar.

Produção Nacional

A fábrica destinada à produção do EVE-100 localiza-se em Taubaté, no interior de São Paulo. A escolha deste local estratégico beneficia-se tanto da logística facilitada por acessos rodoviários e ferroviários quanto da proximidade com as instalações centrais da Embraer em São José dos Campos. Isso não apenas agiliza o processo produtivo como também fortalece o desenvolvimento sustentável do projeto.

A iniciativa do carro voador da Embraer representa um marco importante na evolução da mobilidade urbana e aviação executiva. Com foco na sustentabilidade, eficiência e inovação tecnológica, o EVE-100 tem tudo para se tornar uma solução chave no transporte aéreo futuro.

Com a indústria da aviação se movendo em direção a um futuro mais verde e eficiente, projetos como o EVE-100 da Embraer estão no centro das atenções. Mantenha-se atualizado sobre este fascinante desenvolvimento no setor aeroespacial acompanhando nossas futuras publicações.

Avalie esse artigo

Gabriel May Oechsler
Redator online do portal Agora Motor, tem 21 anos e está sempre antenado no universo automobilístico, gosta de esportes, jogos e notícias automotivas. Iniciou sua jornada no site Agora Motor em 2022, trabalhando com pesquisas extensas e escritas de artigos e notícias sobre carros, motos, etc.
Posts relacionados
Notícias Test drive Honda termina com fuga policial e mulher pulando em lago!

Em um evento que desafiou as expectativas, uma perseguição policial em Miami, Flórida, culminou de…

Gabriel May Oechsler
Notícias VW Nivus fica mais barato, antes de chegar na linha 2025!

A Volkswagen está oferecendo uma oportunidade imperdível para os consumidores interessados no crossover Nivus, especialmente…

Gabriel May Oechsler
Notícias Suzuki lança nova naked, com preço a partir de R$ 51.500

Em um movimento que promete agitar o mercado nacional de motocicletas, a Suzuki introduz no…

Gabriel May Oechsler
Notícias Como escolher o pneu adequado para o seu carro? Veja essas dicas!

Você sabe como escolher o pneu certo para o seu carro? A escolha adequada do…

Gabriel May Oechsler
Notícias Toyota fecha acordo com sindicatos, sobre encerramento de fábrica!

Em um desdobramento recente que marca o fim de intensas negociações trabalhistas, a Toyota concordou…

Gabriel May Oechsler
Deixe seu comentário