Ex-chefão da Fórmula 1 sonega 400 milhões de libras e é preso!

Bernie Ecclestone, ex-chefão da Fórmula 1, admitiu ter ocultado 400 milhões de libras em sua declaração de impostos e foi condenado a 17 meses de prisão por fraude fiscal.

Ex-chefão da Fórmula 1 sonega 400 milhões de libras e é preso!
Ecclestone como um grande sonegador de impostos – Fonte/Reprodução: Divulgação.

Durante a audiência em um tribunal de Londres, ele concordou em pagar 653 milhões de libras ao governo britânico. Ecclestone sonegou impostos por 18 anos.

Ex-chefão da Fórmula 1 é condenado a 17 meses de prisão por sonegação fiscal de 400 milhões de libras!

Aos 92 anos, Ecclestone não será preso em regime fechado, pois o juiz Simon Bryan decidiu suspendê-lo por dois anos. Ele só será preso se cometer outro crime durante esse período.

Em 2015, ele havia negado a acusação em um encontro com representantes da Receita e Alfândega de Sua Majestade. No entanto, em um depoimento realizado nesta quinta-feira (12/10) no Tribunal Real de Southwark, ele admitiu sua culpa e deu alguns detalhes sobre o caso.

Ex-líder da Fórmula 1 é acusado de manter fundo secreto milionário em Cingapura e enfrenta processo estressante

O valor mencionado é relativo a um fundo secreto e de vários milhões de dólares que o ex-líder da Fórmula 1 mantinha em Cingapura.

Em seu depoimento em 2015, ele afirmou que havia criado apenas um fundo em nome de suas filhas e que não tinha nenhuma outra operação desse tipo em andamento. A advogada de defesa, Christine Montgomery, explicou que a resposta dada naquela época foi baseada em um erro de julgamento.

Ela afirmou que Ecclestone nunca teve a intenção de evitar o pagamento de impostos e sempre esteve disposto a pagá-los. No entanto, o processo está causando grande estresse para o ex-líder da Fórmula 1 e para aqueles que o amam, especialmente por conta de sua saúde frágil.

Desde o início do ano, a equipe de defesa de Ecclestone tentou evitar o julgamento, alegando problemas de saúde.

Apresentaram um relatório de um cardiologista que afirmava que o magnata tinha mais chances de morrer do que de não morrer se comparecesse ao tribunal, mas o juiz não acatou o argumento. A confissão foi feita antes do julgamento que estava marcado para novembro.

Ecclestone critica busca de Massa pelo título de 2008 e é rebatido pelo piloto

Ecclestone, conhecido por criar polêmicas, fez críticas à busca de Felipe Massa pelo reconhecimento do título da temporada de 2008 da Fórmula 1. Segundo o dirigente, o clã de Massa só se importa com dinheiro e as chances de sucesso nesta ação são nulas.

Ecclestone critica busca de Massa pelo título de 2008 e é rebatido pelo piloto
Massa e Ecclestone ad a amigos em 2009 – Fonte/Reprodução: Divulgação.

Ecclestone também é um dos envolvidos no “Cingapuragate“. Massa não concordou com as declarações e afirmou que Ecclestone está com medo das consequências de sua ação na justiça contra a F-1 e a FIA.

O escândalo conhecido como “Cingapuragate” foi um dos momentos mais controversos da história da Fórmula 1.

Durante o Grande Prêmio de Cingapura de 2008, o piloto brasileiro Nelsinho Piquet bateu de propósito durante a corrida, seguindo as ordens do chefe de equipe Flavio Briatore, para favorecer seu companheiro de equipe na Renault, o espanhol Fernando Alonso.

Este caso voltou à tona este ano por causa das declarações de Ecclestone, que afirmou em março ter conhecimento da conspiração da Renault desde 2008, pouco depois do acidente causado por Piquet.

Acidente na pista prejudica Massa e dá vantagem a Hamilton no campeonato de Fórmula 1

Na prática, o incidente resultou na vitória de Alonso naquela corrida e prejudicou Massa, que liderava até a batida. O piloto brasileiro ficou em 13º lugar e não ganhou nenhum ponto, enquanto seu rival direto, o inglês Lewis Hamilton, conseguiu abrir vantagem no campeonato.

A punição tardia da equipe Renault por caso de manipulação não afeta resultado da corrida de 2008

Em 2009, foi feita uma denúncia sobre um caso envolvendo a equipe Renault, o que levou à punição dos dirigentes da equipe, mas não dos pilotos.

Entretanto, essa situação não teve impacto no resultado da corrida que aconteceu no ano anterior, já que as regras da FIA não permitem alterações em campeonatos que já foram finalizados.

Além disso, a investigação e as punições só ocorreram um ano depois do ocorrido.

Deixe a sua opinião sobre essa notícia logo abaixo, e aproveite para acessar o nosso portal Agora Motor! Ficando assim por dentro de tudo o que acontece dentro do mundo automobilístico. Veja notícias, artigos, novidades, lançamentos, Tabela FIPE e muito mais em um só lugar!

Avalie esse artigo

Thiago Klaumann
Administrador de empresas, profissional de marketing e empreendedor na internet. Fã de Fórmula 1, Stock Car, Moto GP e demais categorias de corridas, é apaixonado por automobilismo desde criança. Piloto de kart nas horas vagas, está sempre antenado em todos os lançamentos do mercado. Atualmente dedica-se à redação do portal Agora Motor, publicando artigos, notícias, pesquisas, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
Posts relacionados
Notícias Vendas sobem, porém importações bem mais

O Brasil está perdendo a batalha da balança comercial entre exportações e importações de veículos….

Fernando Calmon
Notícias Chevrolet traz ofertas e descontos para o Onix, Tracker e Equinox

A Chevrolet está oferecendo diversas condições especiais de compra e financiamento para aqueles que desejam…

Gabriel May Oechsler
Notícias Hyundai Palisade e outros tem consumo revelado, veja!

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) divulgou recentemente informações sobre alguns futuros…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias Fiat Strada Ascende Rapidamente Entre as Top 5 Picapes Novas Mais Vendidas no Brasil

Na primeira quinzena de julho, as vendas de picapes no Brasil continuaram em alta, segundo…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias 10 truques para potencializar o desempenho do seu veículo elétrico!

Dirigir um veículo elétrico (VE) oferece inúmeras vantagens, desde economia de dinheiro até redução da…

Ivan Gustavo Willemann
Deixe seu comentário