Governo da Argentina altera impostos para veículos, e afeta carros populares!

O governo da argentina alterou as bases de cálculo dos Impostos Internos para carros, afetando modelos mais caros, confira!

O Governo da Argentina acaba de publicar um decreto que altera as bases de cálculo dos Impostos Internos para automóveis vendidos no país. Essa mudança se refere ao chamado “imposto de luxo”, que foi criado para punir os veículos mais caros, mas acabou afetando também os modelos mais populares.

Essa medida afetou, por exemplo, os dois carros mais vendidos na Argentina, o Fiat Cronos e o Peugeot 208, que passaram a pagar impostos internos após a desvalorização no início do governo de Javier Milei. O novo decreto aumenta as bases tributárias para que os modelos mais econômicos não sejam afetados.

Argentina altera escala de impostos internos para carros, mas preços não devem cair

Até ontem, os impostos internos eram pagos sobre carros com preço de venda às concessionárias a partir de 10.364.902 pesos, com alíquota de 20%. Na prática, isso afetou modelos com preço de varejo a partir de 14,7 milhões de pesos. A partir de hoje, começa a primeira escala de impostos internos para carros com preço de venda às concessionárias de 19.826.151 pesos, impactando modelos com preços de varejo a partir de 28 milhões de pesos. A taxa permanece inalterada.

Já os carros com preço de venda às concessionárias a partir de 19.135.205 pesos eram tributados na segunda escala de impostos internos, à alíquota de 35%. Na prática, afetou modelos com preço de varejo de 32 milhões de pesos ou mais. Agora, começa a segunda escala de impostos internos para carros com preço de venda às concessionárias de 36.602.126 pesos, impactando modelos com preço de varejo a partir de 61 milhões de pesos. A taxa permanece inalterada.

Argentina altera escala de impostos internos para carros, mas preços não devem cair
Fonte/Reprodução: original

Essa medida põe fim a mais de um mês de vendas paralisadas no mercado automotivo argentino. No final de dezembro, após uma reunião com o Secretário do Comércio, Pablo Lavigne, representantes das fábricas de automóveis agrupadas na Adefa informaram as marcas que o novo governo iria modificar os impostos internos. O boato de que “os impostos seriam reduzidos” e “os preços dos automóveis cairiam” fez com que os consumidores adiassem as decisões de compra e as vendas despencaram. A partir de hoje, o mês de janeiro opera com queda de 38% no nível de patentes em relação ao mesmo mês do ano passado.

O boato espalhado pelos membros da Adefa nunca foi oficialmente confirmado pelo Governo Milei. Só agora, com a publicação no Diário Oficial, fica claro que os impostos não baixaram e os preços também não baixarão. Apenas as bases tributárias foram modificadas para não afetar os modelos mais acessíveis.

Apesar de alguns carros subirem menos do que o esperado, com o ritmo de inflação atual, os preços não vão cair. Os agentes definiram a estratégia da Adefa como “um tiro no pé”, que custou ao mercado automotivo argentino um mês inteiro de vendas. Resta agora esperar para ver como o mercado irá se comportar nos próximos meses diante dessas mudanças.

Avalie esse artigo

Gabriel May Oechsler
Redator online do portal Agora Motor, tem 21 anos e está sempre antenado no universo automobilístico, gosta de esportes, jogos e notícias automotivas. Iniciou sua jornada no site Agora Motor em 2022, trabalhando com pesquisas extensas e escritas de artigos e notícias sobre carros, motos, etc.
Posts relacionados
Notícias Audi está oferecendo instalação de Wallbox por preço tabelado!

A Audi, em parceria com a GreenV, oferece a instalação de carregadores e wallboxes para…

Gabriel May Oechsler
Notícias Álcool e volante está mais que provado que não combina!

Recentemente alguns sinistros de trânsito chamaram a atenção pela violência e, principalmente, por terem elementos…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias Nova versão PHEV do GWM Haval H6 é pior que o PHEV19.

O GWM Haval H6, um dos SUVs mais populares da marca chinesa, está prestes a…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias BYD Sea Lion 05 Pro é outro SUV híbrido que surge na China

A BYD não para de gerar novos produtos no mercado chinês, alimentando o gigante devorador…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias Novo Porsche Macan elétrico chega o Brasil por R$ 560 mil

A Porsche iniciou a pré-venda no Brasil de duas novas versões do Macan elétrico: uma…

Gabriel May Oechsler
Deixe seu comentário