Mercedes-AMG C63 vai aposentar icônico motor V8!

O mercado automotivo está passando por uma transformação significativa, impulsionada pelas rigorosas normas de emissões na Europa. Como resultado, cada vez mais fabricantes estão reduzindo o tamanho de seus motores para se adequar às regulamentações ambientais.

O mais recente exemplo disso é o novo Mercedes-AMG C63, que abandonou o robusto motor V8 em favor de um motor de quatro cilindros de 2,0 litros.

Mercedes-AMG C63
Mercedes-AMG C63 irá aposentar motor V8.

Em uma entrevista exclusiva à renomada revista Top Gear, o CEO da Mercedes-AMG, Michael Schiebe, explicou a decisão de abandonar o icônico motor V8. Segundo Schiebe, a empresa está comprometida em ser progressista em termos de tecnologia e está convencida do conceito de hibridização. Por esse motivo, eles optaram por continuar com os motores de quatro cilindros.

Schiebe reconheceu que nem todos os fãs do V8 serão persuadidos a comprar o novo modelo de 2,0 litros. No entanto, ele ressaltou que o Mercedes-AMG C63 híbrido plug-in tem atraído compradores que, de outra forma, não estariam interessados no sedã esportivo. Essa mudança estratégica da Mercedes-Benz mostra como a indústria automobilística está se adaptando às demandas dos consumidores e às necessidades ambientais.

Além disso, é importante destacar que a Mercedes-Benz também descontinuou as variantes de duas portas do Classe C e do Classe E, em favor do novo CLE. Recentemente, o CLE recebeu um motor de seis cilindros em linha para os modelos 53. Isso indica que, caso seja lançada uma versão 63, é provável que ela também conte com um motor de 3,0 litros. Portanto, para aqueles que preferem motores maiores, a fabricante ainda oferecerá opções satisfatórias.

Mercedes-AMG C63.
Mercedes-AMG C63.

Para os entusiastas que desejam quatro portas e mais cilindros, é provável que o próximo E63 também adote um motor de seis cilindros em linha. Além disso, espera-se que o sedã maior também tenha uma porta de carregamento, indicando a possibilidade de uma configuração híbrida plug-in. Já seu concorrente direto, o BMW M5, também seguirá essa tendência e será um veículo híbrido plug-in (PHEV). No entanto, a BMW manterá o robusto motor V8 por mais uma geração. E como se não bastasse, temos outra boa notícia: o M5 Touring está voltando.

Essas mudanças no mercado automotivo refletem o compromisso das montadoras em se adaptar às demandas dos consumidores e às exigências ambientais. A tecnologia híbrida está cada vez mais presente nos carros esportivos de alta performance, permitindo um equilíbrio entre potência e eficiência energética. À medida que avançamos para uma era de mobilidade sustentável, podemos esperar mais inovações e transformações na indústria automobilística nos próximos anos.

Avalie esse artigo

Gabriel May Oechsler
Redator online do portal Agora Motor, tem 21 anos e está sempre antenado no universo automobilístico, gosta de esportes, jogos e notícias automotivas. Iniciou sua jornada no site Agora Motor em 2022, trabalhando com pesquisas extensas e escritas de artigos e notícias sobre carros, motos, etc.
Posts relacionados
Notícias Vendas sobem, porém importações bem mais

O Brasil está perdendo a batalha da balança comercial entre exportações e importações de veículos….

Fernando Calmon
Notícias Chevrolet traz ofertas e descontos para o Onix, Tracker e Equinox

A Chevrolet está oferecendo diversas condições especiais de compra e financiamento para aqueles que desejam…

Gabriel May Oechsler
Notícias Hyundai Palisade e outros tem consumo revelado, veja!

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) divulgou recentemente informações sobre alguns futuros…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias Fiat Strada Ascende Rapidamente Entre as Top 5 Picapes Novas Mais Vendidas no Brasil

Na primeira quinzena de julho, as vendas de picapes no Brasil continuaram em alta, segundo…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias 10 truques para potencializar o desempenho do seu veículo elétrico!

Dirigir um veículo elétrico (VE) oferece inúmeras vantagens, desde economia de dinheiro até redução da…

Ivan Gustavo Willemann
Deixe seu comentário