Preço do Diesel é o maior desde janeiro de 2023, aponta Panorama Veloe de Indicadores de Mobilidade

Segundo dados do Panorama Veloe de Indicadores de Mobilidade, os preços médios do diesel comum e do diesel S-10 tiveram aumentos significativos no mês de setembro.

O diesel comum teve um aumento de 9,9% em relação ao mês anterior, enquanto o diesel S-10 teve um aumento de 9,2%. Esses valores representam os maiores patamares desde janeiro de 2023.

Apesar desses aumentos, é importante ressaltar que, no acumulado do ano, o preço médio do diesel comum registra uma queda de 4,6%, enquanto o diesel S-10 apresenta uma queda de 4,2%. Considerando os últimos doze meses, os preços médios recuaram 10,1% e 9,6%, respectivamente.

Gasolina comum e aditivada têm aumentos menores em setembro

Variação do Diesel ao londo dos anos.
Variação do Diesel ao londo dos anos. Foto: Divulgação

Já a gasolina comum e a gasolina aditivada tiveram aumentos menores em setembro, em comparação ao mês anterior. O preço médio da gasolina comum teve um incremento de 2,1%, enquanto a gasolina aditivada teve um aumento similar de 2,1%. O etanol também teve um leve aumento no preço médio, de 0,5%.

No entanto, a gasolina comum e aditivada foram os combustíveis que registraram os maiores aumentos no ano. Em relação ao final de 2022, a gasolina comum está 16,9% mais cara em setembro de 2023. Já a gasolina aditivada teve um aumento acumulado de 16,2%.

Preços da gasolina variam regionalmente

Quando analisamos os preços da gasolina comum por região, observamos uma grande variação. Os maiores preços por litro foram encontrados no Acre (R$ 6,753) e em sua capital, Rio Branco (R$ 6,637). Já os menores valores foram encontrados no estado de São Paulo (R$ 5,735), assim como nas capitais Campo Grande (R$ 5,641) e São Luís (R$ 5,654).

Em termos de variação mensal, os postos sediados nas regiões Sudeste (+2,5%) e Centro-Oeste e Norte (+2,4%) do país apresentaram as maiores altas.

Diesel.
Variação do Diesel nos estados. Foto: Divulgação

Etanol se torna opção mais vantajosa

Devido ao aumento do preço da gasolina ao longo do ano, o etanol se tornou uma opção mais vantajosa para abastecer veículos flex. No acumulado do ano, o preço médio do etanol registra uma queda de 4,3%, enquanto o preço médio da gasolina comum teve um aumento de 15,9%.

O Indicador de Custo-Benefício Flex aponta que o preço médio do etanol correspondeu a 68,4% do valor médio da gasolina em setembro. Esse é o menor nível desde outubro de 2018, quando marcou 67,9%.

Essa preferência pelo etanol é ainda mais evidente nas capitais, com uma média de 67,8%. Destacam-se São Paulo, com 62,1%, e Mato Grosso, com 59,2%, no Sudeste e no Centro-Oeste, respectivamente.

Acesse aqui o Monitor de Preço de Combustíveis do Panorama Veloe de Indicadores de Mobilidade na íntegra.

Avalie esse artigo

Gabriel May Oechsler
Redator online do portal Agora Motor, tem 21 anos e está sempre antenado no universo automobilístico, gosta de esportes, jogos e notícias automotivas. Iniciou sua jornada no site Agora Motor em 2022, trabalhando com pesquisas extensas e escritas de artigos e notícias sobre carros, motos, etc.
Posts relacionados
Notícias 39% dos donos de carros elétricos querem ter um a combustão!

Em uma revelação surpreendente, aproximadamente 39% dos proprietários de veículos elétricos (EVs) nos Estados Unidos…

Gabriel May Oechsler
Notícias Nova moto de 8 cilindros da GWM terá 154 cv, veja informações!

A indústria de veículos elétricos e híbridos tem ganhado um novo protagonista no cenário brasileiro,…

Gabriel May Oechsler
Notícias Porsche vs Tesla: Marca está pagando para trocar de lado!

Em um mercado de veículos elétricos cada vez mais concorrido, a Porsche adota uma estratégia…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo Fiat Uno 2025? Veja fotos do Fiat Grande Panda!

A Fiat causou sensação ao revelar as primeiras imagens do Grande Panda, seu mais novo…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo VW Tiguan Allspace será revelado final do ano!

Em um lançamento que promete redefinir as expectativas para os amantes de SUVs ao redor…

Gabriel May Oechsler
Deixe seu comentário