Produção de motos bate recorde após uma década, diz Abraciclo!

A produção de motocicletas no Brasil atingiu 140,3 mil unidades no mês passado, registrando um aumento de 0,5% em relação a setembro de 2022, que totalizou 139,6 mil unidades. Esse foi o melhor resultado para o mês de setembro desde 2013, quando foram produzidas 150,7 mil motos.

Apesar do desempenho positivo em comparação ao ano anterior, houve uma queda de 14,5% em relação a agosto deste ano, que registrou a maior produção de motos em uma década. Essa diminuição pode ser atribuída ao calendário com três dias úteis a menos no mês passado.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (10) pela Abraciclo, a associação que representa as montadoras de motocicletas instaladas no polo industrial de Manaus (AM), onde está concentrada a maior parte da produção nacional.

Honda CG 160 2024 Fan.
Honda CG 160 2024 Fan. Foto: Divulgação

No acumulado do ano, foram produzidas 1,2 milhão de motocicletas, representando um aumento de 12,3% em comparação aos primeiros nove meses de 2022. Esse é o melhor resultado para o período em dez anos. A Abraciclo mantém a projeção de produção total de 1,56 milhão de motos para o ano todo, o que significa um aumento de 10,4% em relação a 2022 (1,41 milhão de unidades).

Esse desempenho positivo é impulsionado pelo crescimento dos serviços de entrega (delivery) e pela busca dos consumidores por veículos mais acessíveis e econômicos, especialmente modelos de baixa cilindrada, que correspondem a 81,7% do mercado.

Para Marcos Bento, presidente da Abraciclo, o setor apresenta um crescimento consolidado em 2023 e tem potencial para continuar aumentando a produção. Durante a apresentação dos resultados do mês passado, ele afirmou: “Estamos experimentando um crescimento consolidado. O segmento apresenta potencial para continuidade no aumento dos volumes da produção.”

Além disso, as vendas de motocicletas também tiveram um desempenho positivo em setembro. Foram vendidas 135 mil unidades, um aumento de 9,2% em relação ao mesmo mês do ano passado. No entanto, houve uma queda de 5,4% em comparação a agosto deste ano, devido ao calendário mais curto que teve três dias úteis a menos.

Desde o início do ano, as vendas acumulam um crescimento de 19,7%, totalizando 1,18 milhão de motos vendidas. Esse resultado está muito acima da expectativa da Abraciclo, que previa um aumento de 10,9% para o ano todo, chegando a 1,5 milhão de unidades em 2023. De acordo com o presidente da associação, o mercado de motos tem potencial para superar novamente a marca de 2 milhões de unidades vendidas em até cinco anos.

Avalie esse artigo

Thiago Klaumann
Administrador de empresas, profissional de marketing e empreendedor na internet. Fã de Fórmula 1, Stock Car, Moto GP e demais categorias de corridas, é apaixonado por automobilismo desde criança. Piloto de kart nas horas vagas, está sempre antenado em todos os lançamentos do mercado. Atualmente dedica-se à redação do portal Agora Motor, publicando artigos, notícias, pesquisas, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
Posts relacionados
Notícias China pressiona União Europeia para reduzir taxa de seus carros até dia 4 de julho

A China solicitou à União Europeia que retire a sobretaxa de até 38,1% imposta aos…

Gabriel May Oechsler
Notícias Volvo EX30 está se tornando febre em vendas no Brasil e Europa

A Volvo está alcançando um grande sucesso com seu modelo de entrada, o Volvo EX30,…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo Toyota GR Yaris 2024 é atualizado com motor de 280 cv

A Toyota acaba de lançar na Europa o aguardado GR Yaris 2024, um veículo esportivo…

Gabriel May Oechsler
Notícias GWM está se inspirando na Toyota para ter um bom pós-venda em atendimento e peças!

A importância do serviço pós-vendas é ampliada quando se trata de marcas recém-chegadas ao mercado,…

Gabriel May Oechsler
Notícias Kawasaki Ninja 650 2025 ganha nova cor laranja, confira!

A renomada fabricante japonesa de motocicletas, Kawasaki, lançou recentemente a aguardada versão 2025 da Ninja…

Gabriel May Oechsler
Deixe seu comentário