Poucas vendas e bilhões no bolso: Veja quanto fatura a Ferrari!

A Ferrari teve um excelente desempenho financeiro em 2023, com aumento nas vendas e lucros recordes, confira tudo sobre!

A Ferrari divulgou seus números de 2023 e mostrou um excelente desempenho financeiro. A casa italiana comemorou recordes de entregas e de lucros, impulsionados principalmente pelo sucesso de seu quase-SUV Purosangue.

As vendas subiram para 5,970 bilhões de euros, um crescimento de 17,2% comparado a 2022, com 13.663 unidades entregues no mundo. O lucro operacional da Ferrari foi de 1,617 bilhão de euros, enquanto o líquido ultrapassou 1 bilhão de euros, chegando a 1,257 bilhão de euros, um crescimento de 34% no ano.

Diversos fatores colaboraram para esse resultado, como novos modelos e estratégias em mercados importantes, mesmo com uma queda nas vendas na China. A lucratividade do negócio industrial principal da Ferrari aumentou em 300 pontos-base para o valor monstruoso de 27,1% em 2023.

Desempenho econômico da Cavallino: vendas negativas na China

Entre as várias tabelas que resumem o desempenho econômico da Cavallino, apenas dois sinais negativos aparecem em termos de mudanças percentuais. Um diz respeito às vendas de motores (-18%) em 127 milhões de euros, um resultado essencialmente devido à diminuição das entregas para a Maserati, cujo contrato expirou no final de 2023. O outro sinal negativo diz respeito às vendas na China continental, Hong Kong e Taiwan, com queda de 4%, para 1.490 unidades, principalmente devido a uma queda acentuada no último trimestre do ano: 118 carros a menos (-25%).

Desempenho econômico da Cavallino vendas negativas na China
Fonte/Reprodução: Ferrari

Nas outras regiões, as entregas aumentaram. A região EMEA (Europa, Oriente Médio e África) registrou um aumento de 1,8%, as Américas 10,6% e o resto da APAC ficou essencialmente inalterado. Durante o ano, o sucesso do Purosangue impulsionou as entregas, acelerando no segundo semestre do ano, juntamente com o aumento nas entregas das famílias 296 e SF90.

No quarto trimestre, começaram as primeiras entregas da Roma Spider. As entregas da família F8 foram concluídas ao longo do ano, e o Portofino M se aproximou do fim de seu ciclo de vida. As entregas de séries especiais também aumentaram, lideradas pela família 812 Competizione. As alocações do Daytona SP3 continuaram de acordo com o planejado.

Ferrari mira crescimento e margens recordes para 2024, diz CEO Vigna

O CEO Benedetto Vigna disse: “2023 foi um ano de muito sucesso, durante o qual fortalecemos nossa marca por meio de uma série de marcos refletidos em nossos resultados financeiros sem precedentes. Pela primeira vez, nosso lucro líquido, com aumento de 34%, ultrapassou 1 bilhão de euros e a margem anual subiu para 38,2%. Agora temos um ano muito importante pela frente para a execução de nosso plano de negócios, que continua ao longo de um caminho cuidadosamente traçado. Os resultados recordes de 2023, as ambições que temos para 2024 e a visibilidade excepcional de nossa carteira de pedidos nos permitem olhar com confiança reforçada para o topo das metas de 2026.”

Para 2024, a previsão leva em conta os fatores positivos e negativos estimados nas contas, indica uma receita líquida de mais de 6,4 bilhões e uma margem Ebit de mais de 27%. O CEO Vigna afirmou que a carteira de pedidos cobre 2025 e dá confiança para olhar para o futuro, mas é preciso manter os pés no chão, continuando a crescer na linha superior do plano e consolidando as margens percentuais que esperam expandir ainda mais até o final do plano industrial.

Benedetto Vigna, destacou durante o Capital Markets Day o crescimento esperado da receita na área de estilo de vida e o progresso alcançado em relação à neutralidade de carbono. Vigna explicou a filosofia da marca em relação à personalização de seus veículos, buscando oferecer “Ferraris diferentes para momentos diferentes, Ferraris diferentes para Ferraristi diferentes”. Além disso, o CEO anunciou a inauguração do e-building em junho, dois anos após o último evento, e o lançamento de três novos modelos para enriquecer ainda mais a oferta de produtos esportivos da marca.

Avalie esse artigo

Thiago Klaumann
Administrador de empresas, profissional de marketing e empreendedor na internet. Fã de Fórmula 1, Stock Car, Moto GP e demais categorias de corridas, é apaixonado por automobilismo desde criança. Piloto de kart nas horas vagas, está sempre antenado em todos os lançamentos do mercado. Atualmente dedica-se à redação do portal Agora Motor, publicando artigos, notícias, pesquisas, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
Posts relacionados
Notícias Audi está oferecendo instalação de Wallbox por preço tabelado!

A Audi, em parceria com a GreenV, oferece a instalação de carregadores e wallboxes para…

Gabriel May Oechsler
Notícias Álcool e volante está mais que provado que não combina!

Recentemente alguns sinistros de trânsito chamaram a atenção pela violência e, principalmente, por terem elementos…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias Nova versão PHEV do GWM Haval H6 é pior que o PHEV19.

O GWM Haval H6, um dos SUVs mais populares da marca chinesa, está prestes a…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias BYD Sea Lion 05 Pro é outro SUV híbrido que surge na China

A BYD não para de gerar novos produtos no mercado chinês, alimentando o gigante devorador…

Ivan Gustavo Willemann
Notícias Novo Porsche Macan elétrico chega o Brasil por R$ 560 mil

A Porsche iniciou a pré-venda no Brasil de duas novas versões do Macan elétrico: uma…

Gabriel May Oechsler
Deixe seu comentário