Quando você deve trocar o óleo do motor da moto?

O manual de instruções de toda motocicleta alerta sobre a importância de verificar regularmente o nível do óleo do motor. Essa simples tarefa pode evitar problemas mecânicos e economizar dinheiro para os pilotos. Mas surge a dúvida: o que fazer quando o óleo está abaixo do mínimo, trocar ou completar?

Muitos acreditam que quando o óleo do motor da moto está baixo é um sinal de que está na hora de trocar, pois já estaria deteriorado. No entanto, essa é uma crença ultrapassada, proveniente de uma prática comum no passado, em que o óleo era trocado a cada 1.000 km ou 1.500 km.

Hoje em dia, as trocas de óleo ocorrem em intervalos maiores, geralmente a cada 5.000 km ou 6.000 km, dependendo do modelo da motocicleta. Portanto, não há tempo suficiente para que o lubrificante baixe a ponto de precisar ser trocado.

É importante ressaltar que é comum que o óleo do motor da moto seja consumido ao longo do tempo, conforme recomendado pelas próprias montadoras. No entanto, isso não deve ser motivo de preocupação, pois é um processo natural após percorrer alguns quilômetros.

Os manuais das motocicletas indicam que, caso o nível do óleo esteja abaixo do mínimo, ele deve ser completado até a data da próxima troca programada.

Quando você deve trocar o óleo do motor da moto.
Quando você deve trocar o óleo do motor da moto.

Entretanto, é fundamental ficar atento à quantidade de óleo que o motor da moto está consumindo. Embora não haja um número exato de variação aceitável do lubrificante, podemos nos basear em especialistas como Boris Feldman, que afirma que uma redução de até 1 litro a cada 5.000 km é considerada saudável para os veículos de quatro rodas. No caso das motocicletas menores, essa quantidade é de aproximadamente 300 ml.

Além de seguir as recomendações do manual e completar o óleo quando necessário, é importante substituí-lo por completo quando ele não estiver mais com a viscosidade adequada. Próximo à data da troca programada, é normal que o óleo fique escuro, sujo e um pouco mais viscoso. Porém, se a textura estiver muito espessa e diferente da original, é sinal de que chegou a hora de trocar o óleo e verificar se há algum problema adicional na motocicleta.

Portanto, realizar a manutenção correta do óleo do motor da motocicleta é essencial para garantir o bom funcionamento do veículo, evitar desgastes desnecessários e economizar dinheiro em longo prazo. Lembre-se sempre de seguir as instruções do manual do proprietário e realizar as trocas no momento indicado. Assim, você poderá aproveitar ao máximo sua moto, com desempenho e segurança garantidos.

Avalie esse artigo

Gabriel May Oechsler
Redator online do portal Agora Motor, tem 21 anos e está sempre antenado no universo automobilístico, gosta de esportes, jogos e notícias automotivas. Iniciou sua jornada no site Agora Motor em 2022, trabalhando com pesquisas extensas e escritas de artigos e notícias sobre carros, motos, etc.
Posts relacionados
Notícias 39% dos donos de carros elétricos querem ter um a combustão!

Em uma revelação surpreendente, aproximadamente 39% dos proprietários de veículos elétricos (EVs) nos Estados Unidos…

Gabriel May Oechsler
Notícias Nova moto de 8 cilindros da GWM terá 154 cv, veja informações!

A indústria de veículos elétricos e híbridos tem ganhado um novo protagonista no cenário brasileiro,…

Gabriel May Oechsler
Notícias Porsche vs Tesla: Marca está pagando para trocar de lado!

Em um mercado de veículos elétricos cada vez mais concorrido, a Porsche adota uma estratégia…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo Fiat Uno 2025? Veja fotos do Fiat Grande Panda!

A Fiat causou sensação ao revelar as primeiras imagens do Grande Panda, seu mais novo…

Gabriel May Oechsler
Notícias Novo VW Tiguan Allspace será revelado final do ano!

Em um lançamento que promete redefinir as expectativas para os amantes de SUVs ao redor…

Gabriel May Oechsler
Deixe seu comentário